Vida Acadêmica

Tradutor de artigos: conheça dicas e ferramentas

Escrito por: Estéfane Padilha

Falar inglês é fundamental em qualquer área do mercado de trabalho e na carreira acadêmica. Alguns livros e textos só são encontrados no idioma estrangeiro e todo artigo científico, por exemplo, exige um abstract, que é o resumo escrito na outra língua. Mas usar termos técnicos e específicos de uma área de estudo requer conhecimentos além do básico para conversação no dia a dia. E é aí que um tradutor de artigos pode te ajudar.

E se você está pensando em utilizar a ferramentas na web, como o Google Tradutor, precisamos te alertar que essa não é a melhor ideia. Pode ser prático e é gratuito, ótimo para tirar algumas dúvidas em termos e significados de palavras, mas na hora de produzir um material acadêmico, a tradução online, provavelmente, vai apresentar falhas que serão notadas por uma banca julgadora especializada.

Assim, a melhor maneira é recorrer a quem entende do assunto. E é por isso que listamos oito sites que podem te ajudar na hora de traduzir seu resumo ou até mesmo o trabalho inteiro, visando possíveis publicações em periódicos internacionais. Agora é só seguir com a leitura!

Tradutor de artigos: confira os melhores

Editage

Aqui há pacotes diferentes para quem quer um trabalho simples, o que é o caso dos resumos, ou algo mais elaborado, como o artigo completo, e precisa, portanto, de mais dedicação ao texto e talvez mais tempo com os ajustes de possíveis erros durante a conversão entre os idiomas.

De acordo com o site, são utilizados quatro tipos de profissionais, entre bilíngues até falantes nativos do inglês. Além disso, há prazos mais estendidos  ou entregas de maneira mais rápida, em casos de urgência. Se quiser saber mais, basta conferir aqui.

Celera

Quem precisa comprovar veracidade com uma tradução autenticada, aqui é possível receber o documento em papel timbrado, tudo bem oficial. E se você pretende estudar fora, eles enviam o material para o exterior, com possibilidade de mais de um idioma, o que pode te ajudar, afinal, é bem comum que alguns congressos e periódicos solicitem um resumo em espanhol.

E como estamos sempre buscando praticidade, o orçamento pode ser feito através de um formulário no site, via e-mail ou mesmo por um número de WhatsApp. Se você se interessou, basta conferir aqui todos os detalhes que o tradutor de artigos oferece.

Aje

As opções de tradução aqui possuem um leque mais amplo de idiomas: português, inglês, espanhol, chinês e japonês. E se o custo do processo é muito importante no seu caso, no site será possível ter direto uma ideia do orçamento, pois eles simulam os valores de acordo com o número de palavras. Prático e direto, concorda?

A média de tempo na entrega do material é de 12 dias úteis e eles formatam o texto de acordo com o periódico que você escolheu. Caso ainda não haja um lugar específico para publicar, eles também sugerem alguns veículos. Todos os detalhes estão na página.

Primetranslations

Se é variedade que você quer, esta deve ser uma das melhores escolhas. Os trabalhos podem ser submetidos a traduções simples, juramentadas ou também revisão. E entre os idiomas possíveis, há mais de 30! Os mais tradicionais inglês, espanhol, francês, italiano e alemão são algumas das possibilidades, claro, assim como latim, grego, coreano ou até mesmo indonésio!

Além disso, há opções de interpretação simultânea ou consecutiva e libras, no caso de você precisar realizar um evento para a apresentação do seu projeto ou de outros profissionais das comunidades acadêmica e científica. Todos os serviços estão descritos no site.

Ulatus

Aqueles que estão iniciando na carreira de pesquisador, têm aqui uma boa opção. Além do tradutor de artigos, a empresa oferece um suporte na escolha do melhor periódico em que o trabalho será publicado, sugerindo cinco possibilidades. Além disso, é preciso se adequar às normas da revista em que se quer publicar e, por isso, há serviços de ajuste de texto, não apenas na linguagem, mas na redução, caso seja necessário.

Ah! Aqui só é possível fazer a conversão entre os idiomas português e inglês. Mas este é o foco da maioria, certo? E o processo ocorre em três etapas, do tradutor inicial a um revisor de língua nativa, como eles explicam mais detalhadamente no site.

Sparkenglish

As traduções oferecidas são especialmente focadas nas áreas de ciências naturais, matérias de cálculo, saúde, além de filosofia e sociologia, como o site destaca, por ter profissionais específicos. Mas isso não quer dizer que se você faz comunicação, não poderá com os serviços do tradutor de artigos.

Quem já tem o abstract pronto, há também a opção de apenas revisar o trabalho. O mesmo se aplica a teses, dissertações e monografias, livros acadêmicos e documentos técnicos. Além disso, aqueles que querem apenas aprimorar o idioma, sem a necessidade de publicar algo, há videoaulas gratuitos! Basta acessar.

Linguee

Esta ferramenta é um dicionário gratuito disponível na internet e em forma de aplicativo que funciona offline! O diferencial é que há a possibilidade de buscar por termos técnicos e você terá a tradução não apenas das palavras isoladas, mas também no uso em frases, o que ajuda na hora de usar a expressão científica correta.

A busca funciona de forma bem dinâmica: primeiro a tradução com a forma mais usada será mostrada. Depois, exemplos de frases utilizados em fontes diversas na internet. Assim, é possível comparar o contexto e ver se o termo ou a palavra se adequa ao que você quer dizer em inglês. Uma maneira bem interessante e mais profissional de tirar as suas dúvidas, não acha? Pode clicar!

Enago

Os serviços oferecidos aqui são apenas de revisão e correção de trabalhos já escritos em inglês. Mas calma, a parte do tradutor de artigos fica em um outro portal, o da Ulatus, que pertence à mesma empresa, e nós já falamos sobre as qualidades aqui neste post!

E do mesmo jeito que ocorre quando uma tradução é solicitada, o suporte na hora de escolher o melhor periódico também é oferecido àqueles que apenas querem corrigir o texto em inglês. Se este é o seu caso, é só acessar o site da empresa e saber mais sobre possíveis orçamentos.

Pronto! Com nossas opções, não será difícil achar um tradutor de artigos competente, concorda? Mas temos mais um presente: para se dedicar ao texto do começo ao fim, não apenas na parte em inglês, nós te mostramos um manual completo aqui. Boa sorte!

Tudo o que você precisa saber para escrever trabalhos científicos

Neste e-book, são mostrados os principais aspectos que devem ser levados em consideração na produção de um artigo científico

Baixar e-book
Estéfane Padilha

Estéfane Padilha

Jornalista e colaboradora do Doity Team. Mora em Colônia, na Alemanha, onde estuda, trabalha e é voluntária no FC Köln, clube de futebol da cidade

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos