Estabelecer parcerias para seu evento é uma boa ideia? Fazer com que o seu evento seja um sucesso de público requer um certo trabalho, mas nem sempre você precisa fazer isso sozinho. Encontrar bons parceiros pode fazer toda a diferença e colaborar com o êxito do seu evento.

Entretanto, é preciso ter alguns cuidados na hora de firmar uma parceria em eventos. Para auxiliar você, listamos 4 dicas com cuidados que você deve ter. Confira abaixo!

Escolha os parceiros certos

A parceira deve ocorrer como um apoio mútuo, ou seja, uma mão lavando a outra. Para isso, seja criterioso na escolha dos seus parceiros, pois os mesmos devem compartilhar das ideias e valores coerentes com a sua organização.

É importante deixar claro quais são as suas intenções e que tipo de apoio você precisa, assim você reduz as chances de haver algum mal entendido.

Não abandone o barco

Tenha muito cuidado com aquelas pessoas que só estão interessadas no seu próprio benefício e que certamente pulariam fora quando não estivessem mais ganhando vantagem. Também não seja essa pessoa!

Procure por parceiros que lutem pela sua causa e que comemorem junto contigo quando tudo der certo. Parceiros com um mesmo propósito têm mais chance de chegar mais longe.

Aposte em divulgação como moeda de troca

Uma das formas mais comuns e eficazes de realizar parceria em eventos atualmente é o acordo de parceria para promover o evento através dos meios digitais. Publicações em redes sociais ou blogs são ótimos exemplos desse tipo de promoção.

É essencial que ao firmar esse tipo de parceria, você deixe previamente determinado quantos posts serão feitos por cada uma das partes. Ah, lembre-se sempre de marcar seus parceiros em suas publicações. Isso fortalecerá o relacionamento de vocês.

Documente o combinado

As palavras faladas são fortes, mas elas podem ser distorcidas ou esquecidas. Não faça seus acordos apenas verbalmente, registre tudo o que for firmado entre e você e o seu parceiro para garantir a segurança de ambos os lados.

Esse registro pode ser feito através de um email, contendo uma lista de tarefas que cada um deve seguir. Se quiser algo mais formal, há a opção de um contrato, mas é importante sempre revisar com um advogado para garantir que tudo está de acordo com a lei e que terá validade.

Esperamos que essas dicas tenham sido úteis para você e ajudem a firmar parcerias de forma mais segura. Se você ainda tem alguma dúvida sobre o assunto, deixe um comentário aqui embaixo!

 

Posts Relacionados

Comentários ()