Eventos Científicos

7 dicas para conseguir parceria para eventos científicos

Escrito por: DoityTeam

Conseguir parceria para eventos científicos exige disciplina e esforço do organizador. De fato, esse tipo de trabalho tem características segmentadas que precisam do dobro de atrativos para chamar a atenção de empresas do setor. Dentro desse contexto, conhecer bem as vantagens do seu projeto é o que faz diferença no resultado.

O sucesso está em estudar o conceito dos potenciais patrocinadores e preparar uma proposta de argumentos certeiros. Com isso, fica mais simples se destacar em meio a outras ações acadêmicas por um trabalho extremamente relevante, que explora todo o potencial do tema.

Quer saber mais? Neste post selecionamos 7 dicas para conseguir parceria para eventos científicos. Acompanhe!

1. Use o storytelling

O storytelling é a principal tendência do momento no universo de eventos. Para quem não sabe, trata-se de aplicar técnicas para contar uma história com a intenção de alcançar um objetivo. Na visão do marketing, essa narrativa costuma ser um recurso muito eficiente ao mostrar a importância de um projeto ou os benefícios de um produto, por exemplo.

Quando ouvem dados durante uma negociação, raramente as pessoas guardam essas informações no longo prazo. Já em casos em que o organizador conta uma história impactante, a mensagem reverbera internamente por ligar sensações emocionais — que ajudam a conquistar uma boa parceria.

2. Realize um bom planejamento

Por mais simples que seja a ação, sem um bom planejamento os resultados positivos ficam longe de serem alcançados. Isso acontece porque construir o trabalho de qualquer jeito faz com que muitas coisas importantes fiquem de fora, reduz o interesse do público e ainda compromete a administração do orçamento.

Sem contar que é praticamente impossível lidar com os imprevistos que surgem pelo caminho sem dados eficientes em mãos para guiar cada etapa. Mostrar organização e disciplina nesse processo também conta muitos pontos na visão dos potenciais patrocinadores.

Ninguém vai querer entrar em um projeto com alguém que não sabe responder as perguntas básicas sobre as tarefas internas e as necessidades de contratações durante a realização do evento, certo?

3. Estude os potenciais parceiros

O conhecimento sobre os potenciais parceiros é um verdadeiro divisor de águas no momento de atraí-los para o seu projeto acadêmico. Saiba que ficar por dentro do funcionamento das empresas mostra que você está ciente de todas as vantagens que firmar o contrato pode gerar aos serviços.

Uma pessoa bem preparada, com argumentos válidos, dificilmente vai receber um não como resposta. Caso isso aconteça, será muito mais fácil reverter o quadro negativo sem precisar ser invasivo durante as conversas. Por isso, faça uma pesquisa minuciosa com vários nomes que possam se interessar pela temática do evento e aposte em uma parceria duradoura.

4. Monte propostas interessantes

Depois de definir uma lista com potenciais patrocinadores, o próximo passo é montar uma proposta a ser apresentada no momento da negociação. Esse ponto costuma ser decisivo por medir o seu profissionalismo diante do universo acadêmico sem deixar de lado a postura correta de abordagem.

Liste detalhadamente as vantagens desse tipo de contrato com material impresso ou pdf. O mais importante é ter bastante cuidado para que o ouvinte compreenda com exatidão que você tem o controle da situação. Ao transmitir a mensagem de maneira clara, aumentam as chances de ter uma resposta positiva pela aposta confiante no sucesso da ação.

5. Destaque a importância do evento

Durante a organização de um evento acadêmico, é indispensável que você destaque a importância da temática abordada para o segmento. Desse modo, as empresas que já se interessam normalmente pelo formato do projeto resultam em um processo de conversão muito mais rápido.

O grande segredo está em buscar os nomes que apoiam as atividades acadêmicas com frequência e apresentar a sua proposta com base nas vantagens impactantes. Demonstre a relevância do tema para os participantes e como os serviços deles tendem a ser ainda mais valorizados por fazer parte da ação.

Nesse momento o organizador precisa ter alguns dados — ou uma estimativa deles — em mãos, como a quantidade de público esperada, o formato ideal para a ocasião e o planejamento de divulgação.

6. Faça uma apresentação interessante

Por mais que você tenha todas as vantagens do evento na ponta da língua, o formato da apresentação também deve ser levado em consideração. Tenha em mente que esse tipo de empresa — especialmente as que têm alguma ligação com o universo acadêmico — recebe propostas constantes relacionadas ao mesmo assunto.

Obviamente, todas elas apresentam bons diferenciais e que chamam a atenção. Entretanto, somente alguns casos são escolhidos estrategicamente, por motivos diversos. Tendo isso em vista, prepare uma apresentação personalizada, que mostre o quanto o projeto é sério — com a intenção de prender a atenção de todos.

Não se esqueça que também é preciso dar um feedback positivo e cumprir as promessas feitas durante a fase de negociação. Cuidar da sua imagem no mercado aumenta a credibilidade e torna os próximos projetos mais fáceis de alavancar.

7. Escolha parceiros alinhados à proposta

De nada adianta ter um projeto com grande potencial de parceria se você não bater na porta dos pessoas certas. Logo, como falamos anteriormente, vá além da lista de empresas que costumam apoiar eventos acadêmicos.

Seu trabalho, em uma situação como essa, passa a ser encontrar parceiros alinhados à proposta e à temática escolhida para a atividade. Com isso, além de ter direcionamentos melhores nos preparativos, ainda fica mais fácil contar com apoio em ações criativas em que o patrocinador pode se colocar à disposição por conhecer bem o público.

Em uma palestra, por exemplo, os inscritos precisam de material complementar. Ao encontrar um negócio ligado à tecnologia, todo esse procedimento se torna digital sem a necessidade de altos investimentos financeiros.

Agora você já sabe como conseguir uma parceria para eventos científicos. Pode até parecer mais complicado à primeira vista por se tratar de uma temática técnica e restrita ao universo dos estudos, mas existe uma série de possibilidades se abre a partir da criatividade do organizador. Basta pensar fora da caixinha e pesquisar com antecedência para alcançar excelentes resultados!

Sem grana para organizar seu evento?

Descubra como conseguir os melhores patrocinadores com esse guia completo!

Baixe aqui
DoityTeam

DoityTeam

Somos produtores de conteúdo apaixonados por eventos, vida acadêmica, marketing, vendas, tecnologia e por compartilhar experiências e conhecimento

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos