Vida Acadêmica

Saiba quais são os principais métodos de pesquisa

Escrito por: DoityTeam

Todo acadêmico precisa conhecer quais são os principais métodos de pesquisa para desenvolver um excelente trabalho científico (seja uma monografia, artigo e até mesmo um projeto). Isso porque, ele norteia todos os procedimentos realizados no trabalho, descrevendo e argumentando o estudo.

Os métodos de pesquisa orientam a coleta de dados, abordagens e técnicas que o aluno precisa seguir. Normalmente, os alunos buscam esse tipo de orientação somente quando estão, de fato, devem realizar uma pesquisa mais aprofundada. Contudo, quanto antes aprenderem sobre esse assunto, mais fácil será na hora de escolher um método para fazer o embasamento e nortear todo o trabalho.

Você tem interesse em dominar esse assunto? Então, descubra um pouco mais sobre os métodos de pesquisa lendo o nosso post! Vamos lá?

Pesquisa qualitativa

A pesquisa qualitativa argumenta os resultados do estudo por meio de análises e percepções. Primeiramente, é preciso descrever o problema que, normalmente, tem interpretações mais subjetivas, tais como:

  • sensações;
  • pensamentos;
  • opiniões;
  • sentimentos;
  • percepções.

Nesse processo da pesquisa acadêmica, não se busca números para compor um resultado efetivo, mas sim, a compreensão de uma trajetória que levou ao problema do trabalho.

Portanto, ela é baseada em um aprofundamento de dados que chamamos de não-mensuráveis. Isso porque, os resultados de uma pesquisa qualitativa são focados no ponto de vista do entrevistado.

Para Deslauriers, na pesquisa qualitativa, o aluno é tanto sujeito quanto o objeto da sua pesquisa. Isso acontece porque o conhecimento deve ser parcial e limitado, uma vez que o desenvolvimento da pesquisa é algo imprevisível. Assim, o resultado deve ser capaz de produzir novas informações (de acordo com o objetivo da amostra).

Pesquisa quantitativa

A pesquisa quantitativa é baseada em números e gráficos para chegar a um resultado. Essa abordagem é necessária para validar as hipóteses apresentadas e para coletar dados. Ela pode ser realizada por meio de:

  • observação;
  • aplicação de questionários;
  • entrevistas;
  • análises.

De acordo com Silveira e Gerhardt, a pesquisa quantitativa é norteada pelo positivismo, considerando que a realidade só pode ser compreendida por meio na análise de dados brutos. Assim, recorre à matemática para descrever algum fenômeno e analisar informações.

Podemos afirmar, portanto, que ela traduz em números todas as informações coletadas, analisando-as estatisticamente.

Pesquisa quali-quanti

Existem algumas pesquisas que exigem tanto a interpretação do subjetivo (sentimentos, opiniões e percepções), quanto números estatísticos. Esse tipo de pesquisa é chamada de quali-quanti (ou mista) devido a sua combinação das duas pesquisas citadas anteriormente.

Dessa forma, o método de pesquisa quali-quanti avalia tanto os dados estatísticos quanto os significados das relações humanas. Normalmente, aplica-se uma pesquisa com perguntas abertas e fechadas para desenvolver um estudo de caso.

Pesquisa descritiva

Apesar das pesquisas quantitativa e qualitativa serem muito conhecidas, existem outras maneiras de nortear o estudo. Uma delas é a pesquisa descritiva: uma análise minuciosa de um objeto de estudo (uma empresa, situação-problema ou uma determinada região).

A pesquisa descritiva faz uma coleta de dados qualitativos e jamais interfere na análise dos dados — ele apenas descreve todas as experiências de maneira totalmente imparcial. A pesquisa é baseada em um assunto que já foi estudado em algum outro momento e o aluno busca um aprofundamento, observando e registrando novos fenômenos e fatos.

Pesquisa exploratória

Na pesquisa exploratória, o aluno investiga determinado problema e não sabe muito sobre o assunto até então. Dessa maneira, o estudo compreende como as coisas funcionam. Inicialmente, ele apresenta algumas hipóteses e se empenha muito na busca de pesquisa bibliográfica para buscar citações que facilitem a compreensão do tema.

Assim, ele tem a intenção de validar (ou não) as suas hipóteses. A pesquisa é caracterizada por ser um processo não estruturado e bem flexível, com uma abordagem mais qualitativa.

Dessa maneira, o assunto analisado não tem característica de explorar um assunto já estudado, trata-se de um método inovador.

Pesquisa explicativa

A pesquisa explicativa se preocupa em identificar algumas situações que contribuem com a ocorrência de um fenômeno. Assim, ela utiliza métodos experimentais para explorar o assunto.

A visão do tema é mais detalhada e o grau de complexidade é maior (as chances de erros também!). Contudo, é uma excelente maneira para enriquecer o trabalho.

Pesquisa bibliográfica

A pesquisa bibliográfica é uma das mais comuns entre os estudantes, sendo obrigatória em todos os trabalhos científicos. Com ela, é feito uma coleta de dados a partir de artigos, livros e revistas científicas para utilizar como citações.

Para Lima e Mioto (2007), “a pesquisa bibliográfica implica em um conjunto ordenado de procedimentos de busca por soluções, atento ao objeto de estudo, e que, por isso, não pode ser aleatório”.

Portanto, esse é um dos métodos de pesquisa que serve como embasamento para todos os assuntos pesquisados, analisando variáveis que um problema pode ter, comparando as opiniões e teses de diferentes autores que falem sobre o mesmo assunto. Depois disso, o aluno faz as suas análises e conclusões sobre o tema.

Pesquisa de campo

De acordo com Gonsalves, a pesquisa de campo exige que o pesquisador tenha um encontro muito mais direto com a população pesquisada. Somente assim, reúne informações concretas para serem documentadas.

A pesquisa de campo acontece quando o aluno vai até o ambiente natural do seu objeto de estudo. Ele tem controle do que precisa observar, identificar e sobre quais informações precisa coletar.

Normalmente, ela é realizada depois de uma pesquisa de campo, o aluno precisa conhecer o máximo de informações teóricas sobre o assunto para enriquecer o seu trabalho.

Conhecer os principais métodos de pesquisa proporciona que o aluno realize um excelente trabalho, facilitando a vida acadêmica. A utilização de um método adequado é fundamental para enriquecer o estudo, fazendo com que ele tenha, também, mais credibilidade. Além disso, permite que ele ou outros profissionais possam atualizar e estender o seu trabalho futuramente.

Neste post, você conferiu um pouco mais sobre os principais métodos de pesquisa. Vamos aprender mais sobre o assunto? Então, baixe agora mesmo o nosso e-book sobre “tudo o que você precisa saber para escrever trabalhos científicos”.

Quer saber como escrever trabalhos científicos?

Aprenda como escrever e publicar um artigo científico

Baixar e-book
DoityTeam

DoityTeam

Somos produtores de conteúdo apaixonados por eventos, vida acadêmica, marketing, vendas, tecnologia e por compartilhar experiências e conhecimento

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos