Marketing e Vendas

Veja como o financiamento coletivo pode ajudar no seu evento acadêmico

Escrito por: DoityTeam

O financiamento coletivo é uma estratégia de arrecadação de fundos que tem ajudado na divulgação de diversas causas ao redor do mundo. Essa vantagem é decorrente da ampla disseminação das informações pelas plataformas digitais e redes sociais.

Além disso, as opções de pagamento online deram mais credibilidade à ação, pois possibilitam que as operações financeiras sejam realizadas de forma segura e rastreadas pelos gestores do evento.

Sendo assim, é possível utilizar o financiamento coletivo para promover eventos acadêmicos de grande interesse para o público estudantil, proporcionando conhecimento aos alunos a preços mais acessíveis.

Quer saber como funciona o financiamento coletivo para eventos acadêmicos? Então continua lendo este post!

Afinal, o que é o financiamento coletivo?

Trata-se de uma modalidade de arrecadação de fundos em prol de uma causa específica. Os idealizadores do projeto submetem a proposta às plataformas digitais, detalhando todas as informações.

Nesse caso, incluem: data do evento, limite financeiro a ser arrecadado, descrição da atividade, formas de pagamento, opções de divulgação, dentre outros dados mais específicos para a ação desejada.

Após a ampla divulgação da proposta de financiamento coletivo, os idealizadores do projeto controlam a entrada de recursos pela plataforma digital escolhida. Em alguns casos, o montante financeiro é arrecadado em sistema monetário digital, que posteriormente é convertido em valores brutos.

Com incluir o financiamento coletivo nos eventos acadêmicos?

Para que o projeto de levantamento de recursos financeiros por meio de uma ajuda coletiva seja efetivo, é preciso planejar cuidadosamente as etapas a serem desenvolvidas para justificar o investimento pelo público-alvo.

Confira, a seguir, como as atividades devem ser desenvolvidas para que o evento acadêmico seja idealizado com sucesso, utilizando os recursos financeiros levantados mediante contribuição coletiva.

Planeje o evento

Na proposta de financiamento coletivo é imprescindível inserir informações a respeito do tema do evento científico, bem como a data que será realizada e as condições para participação dos indivíduos, considerando também os imprevistos.

Nesse contexto é importante mencionar os temas e subtemas que serão abordados no evento, o local e a data de realização e se há a possibilidade de acompanhamento das palestras de forma online. Essa última proposta pode ser um atrativo para os estudantes que não conseguem se deslocar para o local do evento, mas gostariam de participar também.

Outro ponto de grande interesse são os critérios para submissão de artigos científicos: o uso de ferramentas tecnológicas têm sido uma alternativa inovadora para organização desses documentos.

Também é aconselhável apresentar de forma sucinta os principais colaboradores com a apresentação do currículo dos palestrantes, além da divulgação das demais atividades do evento científico, tais como cursos pré-congresso, painel de banners científicos etc.

Atenção com a submissão de projetos

Devido à repercussão positiva do financiamento coletivo, existem várias opções de plataformas para submissão de projetos de financiamento e acompanhamento da arrecadação de fundos para o evento. Dessa forma, é fundamental optar por uma plataforma digital confiável, que emita demonstrativos de todas as movimentações recebidas, ofereça diversas opções de pagamento e sejam bem avaliadas pelo público.

Uma forma de analisar essas plataformas é com a recomendações de outros gestores, além de pesquisar reclamações na internet e verificar minuciosamente as condições estabelecidas em contrato firmado com os organizadores do evento.

Divulgue o evento

A divulgação de um evento científico idealizado pelo financiamento coletivo deve sensibilizar o público-alvo de maneira rápida e objetiva. Para tanto, é necessário começar pela disseminação das informações nas principais redes sociais.

Em seguida é interessante fixar cartazes em pontos estratégicos localizados nas faculdades, enviar newsletter e fazer a divulgação nos diretórios acadêmicos para ampliar o número de interessados.

Alguns gestores optam também por captar possíveis interessados por meio de ligações telefônicas ou envio de convites, mediante aplicativos instantâneos de mensagens. Contudo, essas duas estratégias devem ser cuidadosamente avaliadas devido aos custos inerentes de sua aplicação.

Ofereça recompensas

A proposta do financiamento coletivo é uma colaboração financeira explícita dos participantes do evento. Portanto, é interessante oferecer recompensas como forma de agradecimento pela possibilidade de realização do evento.

No entanto, em eventos científicos, normalmente, não existe algo “palpável” a ser entregue, uma vez que os resumos dos artigos publicados tendem a ser armazenados em CDs ou nas plataformas digitais para redução de custos.

Assim sendo, uma das maneiras de oferecer uma recompensa em eventos científicos é a isenção da inscrição em outros congressos, arcar com os custos de deslocamento dos estudantes que residem fora da localidade do evento ou oferecer refeições de empresas parceiras durante os dias de encontro.

Também é possível solicitar as editoras de livros, algumas unidades de publicações para sorteio durante o fechamento do evento acadêmico, assim como descontos em cursos presenciais ou a distância em instituições renomadas.

Busque a inovação

Os eventos científicos devem sensibilizar o público-alvo para além do conhecimento que será adquirido. É preciso investir em estratégias didáticas inovadoras e propostas diferentes de divulgação do trabalho dos estudantes.

Além disso, quando o financiamento coletivo é uma das fontes de arrecadação de recursos, esse objetivo deve ser bem explorado para que o colaborador/estudante veja a aplicação do valor investido.

Com propostas diferenciadas é possível formalizar mesas de discussão de temas polêmicos, viabilizar a participação online dos estudantes, propor temas para elaboração de pareceres técnicos ou consensos, dentre outros.

Também é interessante estabelecer encontros profissionais entre professores renomados e estudantes em início de carreira científica para a colaboração entre universidades diferentes. Nesses casos, um horário reservado para tirar dúvidas a respeito de um projeto de pesquisa é uma grande oportunidade para os alunos em formação.

O financiamento coletivo é uma proposta para levantar um montante financeiro destinado a uma causa específica, sendo um recurso que tem sido bastante analisado por gestores acadêmicos para eventos científicos. Para tanto, é preciso elaborar uma proposta interessante e que sensibilize os potenciais colaboradores, além de buscar plataformas confiáveis para inserção do evento, monitorar a adesão dos participantes e promover uma ampla divulgação das informações.

Esperamos que tenha gostado desse conteúdo. Inclusive, fizemos um manual completo de como organizar um evento acadêmico e acreditamos que será muito útil para você. Ah, e a melhor parte é que é gratuito. Baixe agora!

Tudo que você precisa saber para organizar um evento acadêmico

Neste e-book você encontrará quais são os principais tipos de eventos acadêmicos, além de dicas essenciais para planejar, executar e finalizar o seu evento com sucesso

Baixe aqui
DoityTeam

DoityTeam

Somos produtores de conteúdo apaixonados por eventos, vida acadêmica, marketing, vendas, tecnologia e por compartilhar experiências e conhecimento

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos