Eventos Científicos

Saiba como funciona a avaliação de trabalhos científicos

Escrito por: Karina Melo

Para te ajudar a entender como funciona o processo de avaliação de trabalhos científicos, vamos te mostrar todo o caminho percorrido para organizar essa etapa da submissão de trabalhos. Nesse texto, nós falamos sobre quais são os métodos para montar um formulário de avaliação, a importância de escolher a comissão científica certa, como atribuir o parecer final e muito mais.

Você vai aprender neste post:

  1. O que a comissão científica faz;
  2. Como montar um formulário de avaliação de trabalhos científicos;
  3. Quais são os critérios para selecionar os avaliadores;
  4. Como funciona a etapa de envio dos trabalhos;
  5. Quais são os critérios de revisão dos artigos;
  6. Como atribuir o parecer final.

Ficou interessado? Continue a leitura!

Comissão científica

O primeiro passo para começar a realizar a submissão de trabalhos do seu evento é escolher uma comissão científica. O papel de gerenciamento dos trabalhos é atribuído a ela, por isso é tão importante defini-la. A comissão será responsável por criar as regras (edital) de submissão, identificar quais serão os melhores critérios de avaliação, mapear os responsáveis pelas avaliações, definir os prazos de entrega dos trabalhos e te dar todo o suporte necessário nessa etapa.

Formulários de avaliação de trabalhos científicos

Para iniciar a análise dos trabalhos científicos é necessário criar um formulário de avaliação. Nele devem conter informações que conduzam o avaliador a dar um parecer adequado ao autor do trabalho. Chegou a hora de definir quais serão os critérios de avaliação.

Além de atribuir notas de satisfação, deixar claro para o avaliador a importância de indicar se o trabalho foi insatisfatório ou satisfatório, ou seja, atribuir o parecer do trabalho (geralmente são usados os termos, aceito, não aceito ou aceito com restrições).

#DicaDoity – Está com dúvida sobre quais critérios adotar? Listamos os 23 mais comuns para te ajudar nesse processo de avaliação. Confere aqui!

Realizar o processo de forma manual pode ser um problema já que será necessário enviar o questionário para os avaliadores – um por um – juntamente com os trabalhos e o prazo máximo de entrega da avaliação através do e-mail, Google Drive ou DropboxO processo é tão longo que geralmente é preciso utilizar uma planilha de acompanhamento para evitar erros desnecessários. Além disso, é necessário lembrar de atualizá-la regularmente.

Existe uma solução que pode otimizar esses processos? A resposta é sim! Utilizar uma plataforma de eventos para automatizar essa etapa vai te dar mais tempo para se preocupar com a organização, equipe, local, estrutura – já que ela te dá a possibilidade de incluir o seu time de avaliadores no sistema. Isso facilita o momento do envio dos formulários e trabalhos. Não será necessário se preocupar com a criação de planilhas, afinal, tudo o que você precisa saber fica cadastrado em um só lugar!

Avaliadores

Selecionar os avaliadores é tão importante quanto definir a comissão científica – aliás, ela é responsável por essa atividade. Como sugere o nome da etapa – avaliação de trabalhos científicos – é só através deles que o processo pode ser concluído. Os avaliadores vão corrigir os artigos de acordo com os critérios de avaliação, que foram pré-definidos por você junto com a comissão científica, como:

  • A relevância dos elementos de pesquisa utilizados pelo autor;
  • Se a estrutura do trabalho está de acordo com as normas da ABNT;
  • Avaliar a coesão e coerência da redação.

Envio dos trabalhos para avaliação

Depois de realizar a sua escolha, será necessário distribuir os trabalhos entre a equipe. Isso pode ser feito por área temática ou quantidade de avaliadoresRealizar esse processo de forma manual necessita da sua atenção redobrada. Você vai precisar acompanhar quantos trabalhos foram enviados para análise – um por um – checando e-mails, títulos, áreas específicas e o nome de cada autor. Depois, dividir de forma justa as tarefas entre os avaliadores e enviar os trabalhos para cada um, sem repetir.

#DicaDoity – Antes de começar a encaminhar os trabalhos decida se a análise será feita somente por um avaliador ou mais de um – avaliação por pares.

Geralmente um trabalho passa por pelo menos 2 olhares diferentes antes de ser enviado para o autor, isso garante a qualidade e consistência do processo. Os avaliadores devem ponderar os trabalhos e fazer os comentários certos em cada um, depois da análise é necessário enviar os artigos para correção do autor. O seu papel nessas etapas é realizar a ponte entre os avaliadores e o autor dos trabalhos.

Manualmente, o processo se resume em receber os artigos e enviá-los por e-mail, isso também pode demorar e acabar atrasando a continuação das etapas da avaliação de trabalhos científicos. Ufa! Definitivamente realizar esse processo de forma manual demanda um bom tempo do organizador, mas calma, existe uma solução para minimizar tudo isso.

Que tal utilizar uma plataforma de eventos que ofereça uma gestão de trabalhos científicos integrada? A plataforma vai te ajudar a gerenciar o processo em minutos. Olha como é simples: Com alguns cliques é possível integrar todas as etapas da avaliação de trabalhos científicos em um só lugar, incluir a comissão científica, autores, co-autores e facilitar a sua organização, além de melhorar o gerenciamento do seu tempo.

Revisão

Quando o prazo de entrega dos trabalhos revisados acabar os avaliadores têm a tarefa de voltar a analisá-los. Depois de identificar quais trabalhos necessitam de revisão – normalmente são os trabalhos aceitos, mas com restrições -, será necessário selecionar os e-mails dos autores e começar a enviar os artigos para cada um. 

Manualmente, mais uma vez, essa etapa vai tomar o seu tempo e transformar uma atividade que poderia ser automática em outra obrigação para você adicionar no seu checklist.

Com a plataforma, não tem segredo, os dados ficam armazenados e não precisam ser conferidos, antes de enviar, a cada nova etapa da avaliação de trabalhos científicos. Se dessa vez tudo estiver correto, a comissão científica envia uma carta de aceite para o autor e finaliza a etapa. É importante lembrar que os artigos só são publicados nos anais do evento depois da correção, por isso estipule prazos juntamente com a comissão científica e deixe isso claro para o autor.

#DicaDoity – Quer saber o que são e como publicar os anais de eventos? Falamos sobre isso nesse post!

Atribuir o parecer final

Ao final do formulário é necessário atribuir um parecer final. Nessa etapa o avaliador deixa claro se o trabalho foi “aceito” ou “negado”. Só depois dessa conclusão é possível aprová-lo para ser apresentado no dia do evento e publicado nos anais.

Caso o trabalho seja aceito, a comissão científica envia imediatamente uma carta de aceite para o autor. Em seguida, ela define como será a grade de apresentação – a ordem vai depender da proposta do evento, pode ser separada em grupos de acordo com os temas dos artigos em horários pré-definidos. Depois é só partir para a divulgação.

Para encerrar o processo a comissão emite diferentes certificados para autores, avaliadores e apresentadores – cada um devidamente personalizado – e publica os anais do evento. Caso o trabalho não seja aceito ele não será apresentado e publicado, o caminho dele chega ao fim.

Utilizar uma plataforma de eventos é a melhor solução para gerenciar essa etapa! Com ela esse processo deixa de ser cansativo e cauteloso e se transforma em prático, rápido e eficiente. Todos os dados do autor ficam armazenados no sistema, assim, não será necessário conferir e-mails ou anexar trabalhos. Com alguns cliques os artigos são encaminhados e já podem ser visualizados pelos autores. Depois da aprovação é possível enviar automaticamente a carta de aceite, que pode ser personalizada. Bom, né?

Ah! Nós preparamos esse infográfico resumindo todas as etapas do processo. Dá uma olhada:

avaliação de trabalhos científicos

Agora que você já sabe como funciona a avaliação de trabalhos científicos, que tal conhecer mais sobre esse universo dos eventos científicos? Baixe o nosso e-book gratuito e comece agora!

Manual completo: como organizar um evento acadêmico

Neste e-book você encontrará quais são os principais tipos de eventos acadêmicos, além de dicas essenciais para planejar, executar e finalizar o seu evento com sucesso

Baixar e-book
Karina Melo

Karina Melo

Estudante de publicidade, produtora de conteúdo, louca por redes sociais e dançarina nas horas vagas

Artigos Relacionados

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos