Vida Acadêmica

9 dicas para estruturar a apresentação de trabalhos científicos

Escrito por: DoityTeam

Quando o assunto é apresentação de trabalhos científicos, muitos estudantes e pesquisadores ficam de cabelo em pé, não é verdade? Muitas vezes, não se trata apenas do medo de falar em público, mas da estrutura da apresentação em si, que pode ficar confusa e não levar a informação desejada aos ouvintes.
Se esse é o seu caso, não se preocupe! Mostraremos 9 dicas para que você consiga fazer uma apresentação de sucesso e colha os bons frutos do seu trabalho. Você verá que com um pouco de organização, tudo pode ser mais simples do que imagina. Confira:

1. Atente nas normas de apresentação de trabalhos científicos do evento

O primeiro passo para estruturar sua apresentação é procurar saber um pouco mais sobre as regras do evento em questão. Normalmente, congressos, jornadas, workshops e exposições determinam certas normas para padronizar os trabalhos e promover uma troca de conhecimento mais clara.
Se esse for o caso, você encontra informações como número de slides, tamanhos e formatos de painéis, número máximo de palavras, tipo de formatação, como submeter o trabalho e até paletas de cores na página oficial do evento ou entrando em contato direto com a organização. Depois é só se preparar seguindo os parâmetros, não tem erro.

2. Tenha um roteiro

Para apresentar seu trabalho de forma segura, é importantíssimo montar um roteiro que ressalte os principais pontos da pesquisa. Desse modo, fica muito mais fácil organizar a oratória e não se embaralhar.
Você pode criar o seu utilizando papel e caneta ou, ainda, contar com um aparato eletrônico, lembrando dos quatro itens principais: apresentação, introdução, desenvolvimento e conclusão.

  • A apresentação é feita para que você se identifique, mostre o seu background acadêmico e profissional, anuncie o título do trabalho e também o seu orientador, caso o tenha;
  • a introdução tem por objetivo informar os ouvintes de forma sucinta sobre o contexto da pesquisa, mostrando o que foi analisado, como e por que — em outras palavras, dizer qual a finalidade do trabalho;
  • no desenvolvimento é preciso evidenciar os métodos empregados para se chegar aos resultados, as descobertas, as dificuldades e também propor uma pequena discussão acerca do que foi obtido;
  • a conclusão, por fim, deve retomar a ideia central apresentada na introdução e fazer uma interpretação de como a pesquisa pode ser aplicada, seguida dos comentários finais.

3. Prepare o conteúdo com foco

Depois do roteiro criado, é hora de preparar o conteúdo em si. Tudo deve ser feito com muito foco para evitar pequenos erros que possam comprometer a apresentação. Escolha o meio no qual fará a apresentação de acordo com as normas do evento e também suas habilidades. Você pode optar por slides, vídeos, banners, expor em lousa ou flipcharts.
Lembre-se de que, independentemente do método escolhido, você não deve exagerar no visual, então opte por tons neutros e fontes sem serifa.
Coloque na apresentação somente informações realmente necessárias e mostre dados em gráficos apropriados. Insira imagens com alta qualidade em vez de textos longos, evite usar modelos de slide predeterminados e não use transições e áudios de efeito.
Lembre-se sempre de manter um certo padrão e estética agradável.

4. Assista a outras apresentações

Dependendo da grade de apresentação, você terá tempo hábil para assistir a outros colegas exibindo seus trabalhos, e assistir a eles é uma ótima maneira de ficar tranquilo e saber o que esperar da banca e dos ouvintes.
Você pode observar o que está sendo avaliado na maioria dos projetos, como está a média de duração das apresentações, tomar nota do que os apresentadores poderiam fazer diferente e se corrigir, caso tenha problemas semelhantes.

5. Estude, domine e ensaie bastante

Por mais que você conheça o trabalho de trás para frente, é importante revisar todo o conteúdo. O domínio daquilo que está sendo apresentado é a principal forma de ser natural, seguro e relembrar pontos mais antigos, como as etapas iniciais da pesquisa.
Portanto, ensaie bastante lendo o roteiro e todo o trabalho, grifando o que você precisa falar. Você pode treinar fazendo a apresentação para um colega ou familiar e pedir um feedback ao final ou, ainda, gravar-se em vídeo para saber o que precisa ser melhorado e o que já está bom.

6. Chegue com antecedência e escolha uma roupa adequada

Dependendo do tamanho do evento, muitas apresentações serão feitas ao longo do dia ou dos dias, logo, saber exatamente sua data e horário na grade é um ponto crucial para que você não se atrase. Conheça o local antes para se ambientar sobre onde serão as apresentações e qual a melhor forma de chegar ao local. Imprevistos acontecem, então preparar-se para tudo é sempre o melhor a fazer.
A sua imagem também tem um papel muito importante na apresentação de trabalhos científicos, pois pode fortalecer ou minar sua credibilidade. Como se trata de uma ocasião de certa formalidade, vista-se com peças mais sóbrias e confortáveis. Evite roupas e maquiagens muito carregadas, sensuais ou que tenham muitas estampas e cores.
Você até pode usar um toque de cor mais chamativo aqui e ali, mas sempre com discrição.

7. Pratique a oratória todos os dias

Pode não parecer, mas praticamos a oratória diariamente em diversas atividades. Mas para fazer uma apresentação excelente, é importante potencializá-la.
Alguns exercícios fáceis e rápidos ajudam a dar mais clareza à sua fala, o que vai agradar os ouvintes e engajá-los mais:

  • diante de um espelho, faça movimentos faciais bem exagerados ao pronunciar as palavras — isso vai relaxar os músculos, fazendo com que sua boca se movimente mais facilmente e a fala saia mais fluida;
  • explore toda a sua capacidade respiratória, elevando não só o tórax, mas também o abdome;
  • leia trava-línguas em voz alta para melhorar a dicção;
  • emita vibrações semelhantes ao zumbido de uma abelha com a boca fechada;
  • pergunte a seus amigos e familiares se você gesticula demais ao falar. Se a resposta for positiva, procure reduzir — afinal, a linguagem corporal também conta bastante para prender a atenção do público.

8. Mantenha a calma na hora de falar

Quando chegar a hora de se apresentar, procure manter a calma, respirar fundo e executar aquilo que ensaiou várias vezes. Articule bem as palavras e fale em um ritmo agradável, nem muito rápido, nem muito lento.
Tenha uma garrafinha ou copo de água à mão para tomar alguns goles, principalmente se a apresentação for longa — ter cuidado com a voz é imprescindível. Fale em um tom natural, sem jargões e ironias, mas nem tão formal.
Se for fazer algum comentário com humor, cuidado para que ele não ofenda ninguém. Caso dê um branco na hora, não perca a cabeça: relaxe, oriente-se pelo material e continue a apresentação naturalmente.

9. Prepare-se para possíveis perguntas

É comum que ao final da apresentação haja um tempo para perguntas, então esteja pronto para elas. Responda com firmeza e mostre que você detém o conhecimento sobre o conteúdo abordado.
Não interrompa as perguntas e só depois faça suas considerações, sem levar críticas para o lado pessoal. Caso você não saiba a resposta, seja sincero e diga que não era o foco do trabalho.
Uma dica é reler o trabalho antes e avaliar quais pontos podem levantar questionamentos. Crie algumas perguntas hipotéticas e elabore suas explicações, assim você fica mais preparado. Por fim, agradeça as pessoas que auxiliaram você no trabalho e a atenção de todos os ouvintes.
Por mais que você tenha total domínio sobre o assunto estudado, a apresentação de trabalhos científicos pode ser um momento de tensão. Esperamos que essas dicas te ajudem a ficar tranquilo na hora de estruturá-la e se destacar.

Agora que já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal aprender também sobre a formatação de um TCC? Vale a pena conferir!

DoityTeam

Artigos Relacionados

Vida Acadêmica

O que você precisa saber sobre o mestrado sanduíche

O mestrado sanduíche é um verdadeiro divisor de águas na vida de qualquer acadêmico. Afinal, a oportunidade de estudar no exterior agrega muito valor ao currículo e oferece uma experiência transformadora em todos os sentidos. Durante... ler mais

Deixe seu comentário

Newsletter

Entre para a nossa lista exclusiva e aprenda com os melhores conteúdos